Studio Livre

Notícias Política

TSE NEGA RECURSO, MANTÉM CONDENAÇÃO DE SAULO MOREIRA E MANDA TRE RECONTAR VOTOS

A ação foi apresentada pelo Ministério Público Eleitoral, em um caso de compra de votos de mototaxistas

TSE NEGA RECURSO, MANTÉM CONDENAÇÃO DE SAULO MOREIRA E MANDA TRE RECONTAR VOTOS
Foto: Divulgação
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Posse de Saulo Moreira como deputado estadual, após a determinação pelo afastamento de Edson Martins na Assembleia Legislativa de Rondônia tem reviravolta. Na segunda-feira, 13/09, o ministro Luis Felipe Salomão negou seguimento ao recurso impetrado por Saulo Moreira e manteve sua condenação por captação ilícita de sufrágio.

A ação foi apresentada pelo Ministério Público Eleitoral, em um caso de compra de votos de mototaxistas. O TRE julgou a representação procedente e o caso foi parar no TSE. O ministro Salomão entendeu que não há reparos a se fazer na condenação, uma vez que as provas foram bastante contundentes.

Além de negar seguimento ao recurso, o ministro determinou envio de comunicação ao TER/RO para que refaça o recálculo dos quocientes eleitoral e partidário relativos ao cargo de deputado estadual de Rondônia nas Eleições 2018, sem computar os votos obtidos por Saulo Moreira.

O próximo com direito a cadeira na Assembleia Legislativa  é o primeiro suplente do MDB, o ex-secretário da Saúde, Williames Pimentel.

Comentários:

Nossas notícias no celular

Receba as notícias do Studio Livre no seu app favorito de mensagens.

Telegram
Whatsapp
Entrar
Anunciante 039

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!