studiolivre.net

Notícias Noticias Rondônia

PEDÁGIO ENTRE PVH E CANDEIAS GERA CONTROVÉRSIA PARA DUPLICAÇÃO DA BR 364

Pedágio de 50 reais para caminhões poderia adicionar até mil reais aos custos de transporte em uma viagem de ida e volta

PEDÁGIO ENTRE PVH E CANDEIAS GERA CONTROVÉRSIA PARA DUPLICAÇÃO DA BR 364
Foto: Ilustrativa
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Dentro do Ministério dos Transportes, os projetos de melhorias na BR 364, incluindo a duplicação de trechos cruciais da rodovia, começam a avançar. No entanto, o projeto também está cercado de polêmicas. Dois vídeos postados nas redes sociais, um pelo senador governista Confúcio Moura e outro pelo deputado federal Fernando Máximo, destacam que o caminho para a duplicação da BR 364 não será isento de debates acalorados.

O senador Confúcio Moura, após uma reunião com o ministro dos Transportes, Renan Filho, demonstrou otimismo, elogiando a clareza do encontro e destacando a união da bancada federal em torno do projeto. “Foi muito esclarecedora e ninguém discordou do que foi proposto”, afirmou Confúcio.

Apesar de concordar em grande parte com as propostas, o deputado Fernando Máximo fez um pedido enfático ao ministro Renan Filho: a exclusão da implantação de um posto de pedágio no trecho entre Porto Velho e Candeias do Jamari. Máximo argumentou que o pedágio prejudicaria milhares de pessoas, incluindo pacientes que viajam para tratamentos no Hospital do Amor. Além disso, pediu a revisão dos valores em estudo para os pedágios e a implementação de preços diferenciados para motos e veículos comuns.

O projeto de transformação da BR 364 prevê uma parceria público-privada, com privatização e controle governamental. Atualmente, a criação de um posto de pedágio a cada 100 quilômetros é a questão mais controversa. No trecho entre Vilhena e a fronteira com o Acre, por exemplo, haveriam dez postos de pedágio, o que implicaria em um aumento significativo nos custos de transporte para os caminhoneiros.

Embora ainda não haja valores definidos, estima-se que um pedágio de 50 reais para caminhões poderia adicionar até mil reais aos custos de transporte em uma viagem de ida e volta. Este valor é apenas ilustrativo, já que os pedágios para veículos pesados tendem a ser mais altos.

O ministro Renan Filho afirmou que a questão dos pedágios será cuidadosamente estudada por sua equipe. A expectativa é que o governo federal encontre uma solução equilibrada, que viabilize a duplicação da rodovia sem sobrecarregar os contribuintes.

A duplicação da BR 364 é uma obra aguardada há muito tempo e representa uma melhoria significativa para a infraestrutura de Rondônia. No entanto, a implementação de pedágios, especialmente no trecho entre Porto Velho e Candeias do Jamari, permanece um ponto de discordância que precisa ser resolvido para garantir o apoio de toda a comunidade.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!