studiolivre.net

Notícias Policial

GUERRA DE GRUPOS CRIMINOSOS DEIXA RASTRO SANGRENTO COM QUATRO EXECUÇÕES NO DOMINGO 24/09

Os alvos tem sido jovens entre 19 e 35 anos de idade, alguns com registros criminais e passagens em unidades prisionais (ex-presidiários)

GUERRA DE GRUPOS CRIMINOSOS DEIXA RASTRO SANGRENTO COM QUATRO EXECUÇÕES NO DOMINGO 24/09
Foto: Reprodução Noticias Brasil
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A violência desenfreada instalada por grupos criminosos em Porto Velho, capital do Estado de Rondônia, deixou em oito dias, tem assustado a população e saindo do controle da polícia, que registrou nos últimos oito dias 16 assassinatos, com características de execuções na capital, todos a tiros que atingiram a cabeça das vítimas.

Os alvos tem sido jovens entre 19 e 35 anos de idade, alguns com registros criminais e passagens em unidades prisionais (ex-presidiários).

NESTE DOMINGO, 24/09, FORAM QUATRO ASSASSINATOS

O primeiro ocorreu logo pela manhã. Guilherme Lucas Gomes de Jesus, 25 anos, conhecido como 'Pão Doce' foi executado na Rua São Paulo, atrás do campo da AFA, bairro Areal, na região Central da capital, com cerca de dez (10) tiros.

De acordo com as informações, Guilherme estava com mais dois amigos conversando quando o criminoso chegou armado com uma pistola e atirou nas costas da vítima, que caiu ao solo.

Em seguida, o criminoso ainda correu atrás dos outros dois rapazes atirando, mas não conseguiu atingi-los, retornou e efetuou mais disparos no tórax e cabeça de Guilherme que ainda estava agonizando, terminando de mata-lo.

No inicio da noite começou outra matança, com execuções no bairro Mariana, Costa e Silva e Areal.

Bruno da Silva Ribeiro, 19 anos, foi morto na quadra da praça localizada na Rua Petrolina com Rosalina Gomes, bairro Mariana, zona leste, executado com dois tiros na cabeça, um no braço e outro nas nádegas. Ele estaria na praça no momento em que um casal em uma Moto Honda Biz de cor preta chegou.

Segundo testemunhas, a mulher desceu armada com uma pistola foi em direção a Bruno e efetuou quatro disparos na vítima. O casal fugiu na sequência tomando rumo ignorado.

Jean Jorge Fonseca Xavier, 22 anos, foi executado na Rua Marechal Deodoro, ao lado do campo da AFA, bairro Areal, na região Central de Porto Velho.

Jean Jorge era ex-presidiário e foi morto com oito tiros que o atingiram a cabeça, costas, braço e perna. Ele foi executado com tiros de pistola calibre 380.

De acordo com testemunhas, os autores do crime, um homem e uma mulher que estavam em uma Moto Honda Biz de cor preta. A vítima morava nas proximidades e estava conversando com amigos na hora do assassinato.

Jean Jorge já tinha escapado de um ataque a tiros no período da manhã, quando estava com o amigo dele vulgo "Pão Doce" o morto pela manhã.

O quarto assassinato, aconteceu em uma residência na Rua Imperatriz, bairro Costa e Silva, na zona Norte de Porto Velho. O ex-presidiário Jhonata Roza Maciel, 27 anos, foi atacado também a tiros e não resistiu, indo a óbito.

Jean ainda foi socorrido por populares e levado até a policlínica Ana Adelaide em estado gravíssimo, devido a gravidade dos ferimentos terminou entrando em óbito. Segundo informações de populares, os atiradores estavam em um carro modelo Uno de cor branca.

Até o fechamento desta matéria, ninguém havia sido preso. A policia civil continua investigando todos os crimes ocorridos.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!